SP do CS apresentou maior recuo na moagem de cana na safra 2018/2019

Relatório de acompanhamento de safra divulgado na última terça-feira, 8, pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) apresentou os dados finais da safra 2018/2019 na região Centro-Sul, que indicam 573,07 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processadas entre 1º de abril de 2018 e 31 de março de 2019. Este resultado representa uma redução de 3,90% sobre as 596,33 milhões de toneladas registradas no ciclo 2017/2018.

Entre os Estados do Centro-Sul, o maior recuo na moagem foi observado em São Paulo, que registrou queda de 6,68% (333,29 milhões de toneladas na safra 2018/2019, ante 357,14 milhões no ciclo passado).

"A retração da oferta paulista se deve à menor produtividade agrícola, com queda de 3,84% e rendimento de 73,40 toneladas de cana por hectare, e à redução na área de colheita, estimada em cerca de 140 mil hectares", explicou o diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues, Rodrigues.

Realmente, o clima castigou os canaviais paulistas, porém o que mais pesou foi problemas financeiros vividos por muitas unidades sucroenergéticas e baixa remuneração dos produtos da cana. Resultando em redução de investimentos em tratos culturais e menor renovação dos canaviais - Na safra2018/19, a idade média das plantações foi de 3,7 anos, contra 3,3 anos em 2014, quando outra forte seca afetou o centro-sul.

A baixa remuneração, já por vários anos, tem desanimado os produtores que passaram a optar pela atividade que estão pagando melhor, como a citricultura, a pecuária, mas principalmente a soja. Com custo menor e margem positiva, a soja, que no fim da década passada ocupava pouco mais de 500.000 hectares em São Paulo, se espalhou por quase 1 milhão de hectares em 2017/18, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e boa parte desse avanço se deu em áreas antes cultivadas com cana. Não se trará apenas de plantar soja como rotação com cana em áreas de renovação de canavial, mas sim, arrancar a cana e passar a produzir soja em duas safras por ano.

CanaOnline - 11/04/19

 

Relacionadas